SOBRE

 

Espaço dedicado ao estudo daqueles que tem o dom da empatia!

Olá! Seja muito bem vindo(a).

Este é um espaço dedicado ao compartilhamento de informações que podem ser úteis para Empatas e/ou para pessoas que convivem com aqueles que possuem o Dom da Empatia.

Alguns chamam de Empata, outros de Sensitivo e há ainda aqueles que chamam de Médium Esponja (talvez existam outros nomes e vamos descobrir juntos). Mas, na verdade a nomenclatura não é o mais importante. O que realmente importa é identificar as características ou sintomas e aprender a lidar com tal condição da melhor maneira possível.

Me chamo Katia Di Giaimo, tenho 51 anos, sou casada e mãe de uma moça linda que amo muito. Moro em São Paulo/SP, sou formada em administração, parei de trabalhar este ano de 2016 para me dedicar ao estudo da conscienciologia, projeciologia e a mediunidade em geral, fazendo cursos e me dedicando à espiritualidade na tentativa de descobrir mais sobre este dom que está tão aflorado.

Descobri-me empata aos 49 anos (na verdade nunca tinha lido ou ouvido falar esta palavra), mas tenho todos os sintomas da empatia desde a infância, só não sabia disto até dezembro de 2015.

Aos 6 meses de idade minha mãe conta que caí do trocador, e desde então sofro desmaios. Fui a diversos médicos durante esses 51 anos procurando doenças que nunca existiram realmente em mim, fiz exames diversos inclusive de tomografia e tudo está “normal” comigo e com meu cérebro, porém, tenho imensas enxaquecas, vômitos e desmaios.

Algumas vezes pressinto acontecimentos gerais, além de pressentir a morte e a vida de pessoas ligadas a mim ou não.

Sinto a tristeza das pessoas, doem no meu peito como se fossem minhas próprias, mas também sinto as alegrias, amor, euforias, inveja, ciúmes, ódio, rancor, entre tantos outros sentimentos.

Crianças/bebês e animais, reconhecem em mim alguma coisa diferente… Seus olhares são de alegria e um sentimento de bem estar quando ficam próximos.

Em lugares onde muita gente se aglomera, não consigo ficar por muito tempo, minhas energias são drenadas e após algum tempo, preciso me retirar porque as enxaquecas, vômitos e desmaios acontecerão fatalmente.

A busca por tudo que acontece comigo, após o falecimento do meu pai (faleceu no dia do meu aniversário e eu soube disso antes de acontecer) aumentaram ainda mais.

Quando durmo, meu espírito se projeta no mundo astral e tenho inúmeras experiências fora do corpo físico.

Um breve resumo de quem eu sou e como descobri esse dom, depois de muito sofrer no corpo físico, me fez pensar em criar algo que pudesse reunir informações e sensações com a intenção de catalogar, identificar e melhorar todas essas energias que não sabemos de onde vem e porque vem.

Ao criar o canal do Youtube e gravar vídeos, pensei se isto não me prejudicaria já que estaria me expondo para pessoas que não conheço, atraindo de certa forma energias desconhecidas e acabei optando por me expor e ajudar pessoas iguais a mim que buscam respostas para tudo isso que acontece com um empata.

Pouco encontrei na internet de respostas sobre EMPATAS | SENSITIVOS | MÉDIUNS ESPONJAS, por isso nasce este blog.

Após breve apresentação e justificativa, deixo em destaque dois links para você entrar no assunto e descobrir se veio ao lugar certo:

A Empatia: para que possamos começar a compreender o que é ser um empata, precisamos primeiramente compreender do que se trata a empatia.

Empata, Sensitivo ou Esponja: com base neste post você poderá responder para si a pergunta que não quer calar… “Será que eu sou Empata?”


Formação:

A busca pelo autoconhecimento teve um grande salto na minha vida e relaciono aqui alguns cursos que fiz para aprimorar minhas percepções energéticas, meu parapsiquismo e compreender melhor tudo que acontecia comigo e a minha condição sendo Empata.

Curso 2010:

Instituto Você – Programação Neurolinguística – http://www.1234voce.com.br


Cursos 2015:

Projeção Astral com Saulo Calderon – http://www.viagemastral.com

  • básico
  • intermediário
  • avançado
  • ouvi/assisti todas as FAQs – são mais de 700

Cursos 2016:

  • eCDC – online – com diversos professores da IAC World – http://brasil.iacworld.org/
  • Metadesperticidade – em Belo Horizonte com Nancy Trivellato e Wagner Alegretti – IAC World
  • Curso Percepções energéticas – em São Paulo com Wagner Alegretti- IAC World
  • Curso Ectoplasmia e a saúde – em São Paulo com Hernande Leite – Ectolab – http://ectolab.org/

    Coaching

  1. Coaching Hernande leite – Ectolab
  2. Coaching Wagner Alegretti- IAC World
  3. Consultoria de vida – Gisela Vallin – http://www.giselavallin.com/
  4. Leitura de Aura – Andreia Peixoto – https://www.andreiapeixoto.com.br

300 horas de estudos da Conscienciologia – https://www.youtube.com/user/Tertuliarium

300 horas de palestras e estudo da Mecânica Quântica – com Helio Couto – https://cursosheliocouto.com.br


Cursos 2017:

 Curso de Imersão em ectoplasmia – Foz do Iguaçú em março – Ectolab

 Curso de Ectoplasmia interassistencial /EAD – julho/agosto/setembro- Ectolab

RH – Ressonância Harmônica com Helio Couto – https://cursosheliocouto.com.br

  • 16/01/17 – 1ª onda
  • 12/04/17 – 2ª onda
  • 25/07/17 – 3ª onda      

Espaço Padme – http://www.institutopadme.com.br

  1. Pranic Healing Course – em abril/17 – São Paulo
  2. Advanced Pranic Healing Course – Julho/17 – São Paulo
  3. Pranic Healing Psychotherapy Course – outubro/17 – São Paulo
  4. Psychic Self – Defense – em fevereiro/18 – São Pedro

HipnoQuantum – Novembro com Wesley Newton – wesley.newton@gmail.com


Gostaria de sugerir conteúdo para o nosso blog? Entre em contato.
Email 1: empatas@uol.com.br
Email 2: empatas.com.br@gmail.com
Youtube: Katia Di Giaimo
Facebook: facebook.com/pessoasempatas

Anúncios

124 comentários sobre “SOBRE

  1. Weber disse:

    Olá Kátia! Primeiramente muita luz para você! Sou um empata, seu site me trouxe um conforto, pois vejo que assim como eu, existem várias pessoas que sentem, sofrem, se angustiam por serem empatas, então não me sinto só. Minha vida inteira sempre me achei um alien, uma pessoa diferente que nunca se encaixava/se encaixa em algum grupo, a sensação de não pertencer aqui é muito grande, por isso, talvez as estrelas/o universo me fascinam muito, há algo lá que me chama atenção e isso é incompreensível para mim às vezes. Nunca fui Kardecista ou frequentei a Umbanda e o Candomblé, apesar de ler alguns exemplares kardecistas cedidos por colegas de trabalho. Minha mediunidade já se aflorou diversas vezes, mas uma vez em especial uma mulher vestida de branco (como enfermeira) ao lado da minha cama havia me dito que minha reencarnação havia sido incompleta, sonho real, e as energias negativas já me sugaram e me sugam constantemente. O olhar das pessoas (daquelas que vc foge constantemente), o tom de voz, a presença de algumas pessoas, a expressão facial delas, a tv, os filmes sombrios e de violência, quando alguém sofre….Tudo é motivo para me sentir mal, tonturas, sensação de peso e dores na costas, sensação de querer somente ficar deitado….Me sinto Kátia completamente só, aos 38 anos, meus relacionamentos não vão para frente, na verdade eles não se materializam apesar de ter boa aparência, o que é a porta de entradas. E…eu me isolei, é do trabalho para casa, da casa para o trabalho, porque estar só, por um lado, me evita de estar constantemente sofrendo, sofrendo pela energia negativa do outro, pela maldade do outro, pela falta de compaixão pelo outro e por me sentir um alien, diferente nos gostos musicais, diferente na abordagem e educação com o outro. Sou calmo, mas já perdi o controle. Uma vez uma kardecista, ao relatar a ela que estava me sentindo mal por causa de uma energia que me circundava, pediu-me que ao me aproximar de uma árvore pedisse a ela que trocasse suas energias comigo, a árvore começou a morrer em poucos dias, a secar de baixo para cima, me senti muito mal, porque estava levando comigo uma energia sugada, não minha….absorvida….Kátia, preciso de ajuda….Não por estar em alguns momentos em desequilíbrio com as energias, mas por não saber impedir que essas energias cheguem e me causem tamanho estrago…Obrigado!

    Curtido por 1 pessoa

    • Katia Di Giaimo disse:

      Weber, bem vindo ao mundo empático!!!
      Acredite, você não é um ET, nem um Alien, estamos aqui aprendendo com a vida….
      São muitas informações que absorvemos de tudo e todos, mas é possível mudar nossa condição, se não assistiu ainda o vídeo Esponja x Empata, vou deixar o link pra você dar uma olhada, acho que pode te auxiliar nessa compreensão.

      Se quiser, me adicione no facebook procure Katia Di Giaimo, podemos trocar algumas figurinhas.
      Você teve algumas experiências talvez em projeção astral, ou fora do corpo….se gosta do assunto, vou te dar uma dica acesse
      o site do Saulo Calderon, ele explica sobre viagem astral com maestria, http://www.viagemastral.com tem diversos cursos todos gratuitos e da melhor qualidade.
      Também curta a fanpage Pessoas Empatas, encontrará meus posts lá e podemos interagir mais pelo messenger.
      Te espero por lá.
      Abraços
      Muita paz, luz e energias positivas

      Curtir

  2. Joana Melo disse:

    Estou a identificar-me tanto convosco… preciso urgentemente de aprender a filtrar estas energias, eu sou assim desde criança, muito sensível a tudo o que se passa à minha volta, desde que fui mãe ainda se aflorou mais a minha sensibilidade, sinto muito as dores dos outros, choro e sinto profunda tristeza com catástrofes e tudo que acontece de mal com os outros, mesmo pessoas com quem já me incompatibilizei, mas isso tem-me tornado amedrontada… parece que tudo se foi concentrando em mim, para além de estar rodeada quer na família, trabalho e até nos tempos de escola por pessoas muito críticas, autoritárias e que me foram tornando mais negativa… eu sentia tanto a energia positiva como a negativa e actualmente parece que só sinto a negativa, mas sou extremamente grata e consciente das coisas boas que tenho na minha vida, a começar pela minha filha que é a dádiva divina da minha vida.

    Relativamente a esta absorção de energias densas e de atração de pessoas negativas tem que ter um travão porque me impossibilita de voltar à minha essência que é de espalhar alegria e só consigo sorrir para a minha filha, é a coisinha mais pura que tenho na minha vida, de resto sinto que a família está toda do avesso, só criticam só querem criar mal estar…

    Curtido por 1 pessoa

    • Katia Di Giaimo disse:

      Joana Melo,
      Bem vinda ao blog, espero que as matérias que trago possam auxiliar você na busca por conhecimentos.
      É bom ter um norte, saber por onde devemos começar e buscar um sentido para tudo que sentimos.
      Leve todo seu foco para a questão energética, somos formados por corpo físico, corpo espiritual ou energético e nosso campo mental, para entender melhor:
      Soma é o nosso corpo físico, o psicossoma é o veículo de manifestação pelo qual a consciência se manifesta no plano extrafísico; corpo astral; perispírito; corpo espititual; astrossoma; corpo dos desejos; corpo psíquico; corpo emocional; corpo fluídico; corpo sutil; duplo astral.
      Se entendemos que não somos somente um corpo físico, precisamos aprender a lidar com a nossa condição energética, mas não é só isso, manter nossos pensamentos em estado de vigília, monitorando para que sentimentos e emoções não modifiquem o padrão.
      Você disse que é uma pessoa alegre, se esse é o seu padrão, quando a tristeza penetra em você é porque encontrou alguma brecha e precisa aprender a detectar isso para fechar esse acesso entende?
      Bem minha dica, deixei alguns vídeos que explica um pouco sobre isso que falei no http://www.empatas.com.br/orientacoes e também encontrará vários vídeos e técnicas que pode iniciar um trabalho energético.
      Espero de coração que auxilie você na sua busca, além dos posts que sempre faço com a intenção de auxiliar na busca por conhecimento daqueles que chegam até aqui.
      Namastê
      Gratidão por estar aqui

      Curtir

  3. Joana Melo disse:

    Há outra questão, desde criança que sinto coisas antes de elas acontecerem, mas não são visões muito lógicas, são flashes e sentimentos que parecem meus, repentinamente sinto estas coisas pode durar uns segundos, minutos, horas e de repente passam, aconteceu-me principalmente antes/durante do falecimento de entes queridos…
    Também pressinto gravidezes de pessoas próximas, nascimentos… mas nestes casos sinto felicidade e alegria e não aflição como nas outras situações…

    Curtido por 1 pessoa

    • Katia Di Giaimo disse:

      Realmente acessamos o futuro, se temos uma consciência que viaja no tempo e espaço, com toda a certeza trazemos informações do futuro para o aqui e agora.
      Pense nisso!

      Curtir

    • Katia Di Giaimo disse:

      Fique tranquila, entendi sua colocação….
      Saberá isso, quando tiver sobre você mesma uma atenção maior, seus sentimentos, analisar e observar-se, infelizmente com a correria do dia a dia, não fazemos isso e perdemos grandes oportunidades de aprendizado.
      Pare de fazer as coisas no modo mecânico, preste atenção em cada detalhe da sua vida, o momento que está com sua filha, esteja 100% com ela, com sua família 100% de você….conseguirá anotar alguns padrões que são seus e outros que vem de fora.
      E com isso, aprenderá a avaliar-se melhor.
      Muita paz, Luz e vibrações positivas

      Curtir

  4. ceciliaamaral disse:

    Oi Kátia. Meu nome é Cecília, tenho 14 anos e descobri que sou uma empata. Sempre me achei diferente sabe? Sempre senti coisas estranhas que nunca consegui explicar. E agora, sabendo a verdade eu me sinto completamente… perdida.
    Não consigo fica em multidões, ambientes novos, como casas e aposentos que nunca entrei, me causam tonturas e ouço vozes. Ecos de pensamentos. É algo forte, e parece tomar conta de mim. Como lidar com isso? E por quê? Por que eu? Não consigo entender.

    Sou uma empata, sei disso. Mas e agora? Continuar vivendo a vida? Esquecer que tenho esse “dom” ou seja lá o que for?
    Para que ele serve? Por que ele veio para mim?
    Sim. Estou perdida, desesperada ao ponto de não saber o que fazer. E essas perguntas que ficam gravadas em minha mente só tornam tudo ainda pior…
    Obrigada por esse blog maravilhoso, tenho certeza que ele ajuda muitas pessoas.

    Curtido por 1 pessoa

    • Katia Di Giaimo disse:

      Carol, bem vinda ao mundo dos empatas!!!
      Nunca pense porque eu???
      Escolhemos vir assim, ainda é jovem e está no auge das suas energias…
      Eu não sei se tem a possibilidade de fazer algum curso onde possa aprender a lidar com as suas energias.
      Sei que não é fácil lidar com tudo isso porque as pessoas próximas por não sentirem o que sentimos, passamos por malucas…
      Amanhã postarei um vídeo que estou assistindo ainda, está falando do parapsiquismo e no http://www.empatas.com.br encontrará muito material que pode te auxiliar no estudo.
      O foco tem que ser o seu trabalho energético.
      Procure ver os vídeos que estão no http://www.empatas.com.br/orientacoes todos eles, auxiliarão você a compreender porque sentimos tão forte as energias.
      Pensando que não somos somente um corpo físico, mas também um corpo energético e que sentimos as energias através desse campo.
      Na verdade é simples, saia da vitimização e do porque eu???
      Você é especial e tem muito que aprender.
      Espero que todo o conteúdo do site te auxilie e também tenho o canal no YouTube.com/katiadigiaimo

      Muita paz, luz e energias positivas

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s