Curso Noções de Saúde e Espiritismo – AME – associação médica espírita de SP

Bom gente, cada novo aprendizado que faço, já sabem, trago aqui pra dividir com vocês.

Esse curso é totalmente gratuito dividido em 15 aulas, com informações importantíssimas, realizado por médicos da AME – associação médica espírita de SP.

A visão é médica e espiritual, esse curso é indicado para pessoas que trabalham em casas espiritas com a intenção de dar suporte às pessoas que passam por problemas de saúde física, emocional, espiritual, mental, tentando auxiliar a compreensão do porque nosso corpo físico adoece, nosso espírito também fica enfermo ou ainda, trás memorizado nas raizes espirituais tantas coisas do passado.

Bom curso a todos!!!

1ª aula:

O bem estar do ser integral: “conceito de saúde” Dr Fábio Nasri

https://youtu.be/1ga6zD-TiaU

2ª aula:

Fluidos: “conceitos e importância do pensamento” – Dra. Talita Junqueira

3ª aula:

“Centro de força e perispírito” – Dr. Marcelo Saad

4ª aula:

“Como lidar com a perda e revitalização dos fluidos” – Dra. Talita Junqueira

5ª aula:

“Como adoecemos” – Dr. Rodrigo Bassi

6ª aula:

“Doença como caminho de cura” – Dr. Rodrigo Bassi

7ª aula:

“Obsessão como gerador de doenças” – Dr. Luís Gustavo Mariotti

8ª aula:

“Depressão sob o ponto de vista espírita” – Dr. Mauro Lima

9ª aula:

“Câncer , como explicar?” – Dr. Bernard Prado

10ª aula:

“Drogadição é Espiritismo” – Dr. Rafael Latorraca

11ª aula:

“Reforma Íntima: Autoconhecimento, pensamento e vontade” – Dr Sérgio Lopes

12ª aula:

“Passe e água fluidificada: renovação dos fluidos” – Dr. Fábio Nasri

13ª aula:

“Desobsessão: realinhando compromissos” – Dr. Alejandro Vera

14ª aula:

“Cirurgia espiritual: manejando o corpo físico e o perispírito” – Dr. Fábio Nasri

15ª aula:

“Prece: movimentando os fluidos em trabalho no Bem – Dr. Alexandre Serafim

Fonte: AME SP

Anúncios

Viver o presente – Katia Di Giaimo

Quem nunca ficou preso ao passado tentando eternizar a felicidade vivida?

Tentando fazer com que as doces memórias ficassem para sempre penduradas como um quadro lindo na parede?

Quando nos reportamos ao passado, geralmente é porque nosso presente está infeliz, nossa mente busca o colo dos nossos pais, ou em algum momento feliz de nossas vidas aquele aconchego que tínhamos e que não temos mais, ou ainda, para buscar forças para continuar a caminhada da vida.

Quem ainda não planeja o futuro por medo do que está se descortinando?

Tanto um como o outro, são válvulas de escape para não viver o aqui e agora, para não fazer o que o presente está nos pedindo hoje.

Que possamos olhar para trás e agradecer cada momento lindo vivido, acreditar que precisamos viver o hoje em sua plenitude para criar um novo futuro.

Ele só depende de nós!


Somos o que pensamos.

Tudo o que somos surge com nossos pensamentos.

Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.

Persistir na raiva é como apanhar um pedaço de carvão quente com a intenção de o atirar em alguém.

É sempre quem levanta a pedra que se queima.

O segredo da saúde, mental e corporal, está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas, viver sabia e seriamente o presente.

Sidarta Gautama

Jaboticabas

“Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver do que já tive até agora. Tenho muito mais passado do que futuro. Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de jabuticabas, as primeiras, ele chupou displicentemente, mas, percebendo que faltam poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Inquieto-me com os invejosos tentando destruir quem eles admiram. Cobiçando seus lugares, talento e sorte.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas.
As pessoas não debatem conteúdo, apenas rótulos. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos. Quero a essência. Minha alma tem pressa.
Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana. Que não foge de sua mortalidade. Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade…”
Fonte: Ricardo Gondim

Feliz Ano Novo – 2019 à vista

Feliz 2019 a cada um que acompanha o blog com carinho, se descobrindo nas letras que junto para trazer um pouco de luz e conhecimento em cada nova postagem.

Que nasçam muitos empatas, pessoas que sentem e amam além de si mesmas, olham para o outro com a compaixão necessária.

Um lindo e leve 2019 para todos nós!!!


Profunda reflexão de Bert Hellinger, o alemão que já foi padre, largou o celibato e tornou-se psicoterapeuta e escritor. Atualmente está com 93 anos. Ficou conhecido mundialmente pela criação do método “Constelação Familiar”

“A vida decepciona-o pra você parar de viver com ilusões e ver a realidade.

A vida destrói todo o supérfluo até que reste somente o importante.

A vida não te deixa em paz, para que deixe de culpar-se e aceite tudo como “É”.

A vida vai retirar o que você tem, até você parar de reclamar e começar agradecer.

A vida envia pessoas conflitantes para te curar, pra você deixar de olhar para fora e começar a refletir o que você é por dentro.

A vida permite que você caia de novo e de novo, até que você decida aprender a lição.

A vida lhe tira do caminho e lhe apresenta encruzilhadas, até que você pare de querer controlar tudo e flua como um rio.

A vida coloca seus inimigos na estrada, até que você pare de “reagir”.

A vida te assusta e assustará quantas vezes for necessário, até que você perca o medo e recupere sua fé.

A vida tira o seu amor verdadeiro, ele não concede ou permite, até que você pare de tentar comprá-lo.

A vida lhe distancia das pessoas que você ama, até entender que não somos esse corpo, mas a alma que ele contém.

A vida ri de você muitas e muitas vezes, até você parar de levar tudo tão a sério e rir de si mesmo.

A vida quebra você em tantas partes quantas forem necessárias para a luz penetrar em ti.

A vida confronta você com rebeldes, até que você pare de tentar controlar.

A vida repete a mesma mensagem, se for preciso com gritos e tapas, até você finalmente ouvir.

A vida envia raios e tempestades, para acorda-lo.

A vida o humilha e por vezes o derrota de novo e de novo até que você decida deixar seu ego morrer.

A vida lhe nega bens e grandeza até que pare de querer bens e grandeza e comece a servir.

A vida corta suas asas e poda suas raízes, até que não precise de asas nem raízes, mas apenas desapareça nas formas e seu ser voe.

A vida lhe nega milagres, até que entenda que tudo é um milagre.

A vida encurta seu tempo, para você se apressar em aprender a viver.

A vida te ridiculariza até você se tornar nada, ninguém, para então torna-se tudo.

A vida não te dá o que você quer, mas o que você precisa para evoluir.

A vida te machuca e te atormenta até que você solte seus caprichos e birras e aprecie a respiração.

A vida te esconde tesouros até que você aprenda a sair para a vida e busca-los.

A vida te nega Deus, até você vê-lo em todos e em tudo.

A vida te acorda, te poda, te quebra, te desaponta… Mas creia, isso é para que seu melhor se manifeste… até que só o AMOR permaneça em ti”

*Desperte pra vida neste novo ano que vai começar e que possamos todos encontrar essa verdadeira razão de viver*.

🙏🏻🙌🏻🙌🏻🙌🏻🙏🏻

Tornar-se oceano – Katia Di Giaimo

Expandir a consciência não é tarefa fácil, somos igual ao Rio que quer ficar estagnado, sem modificar sua essência, tudo ali está tranquilo e manso, porém, mudanças são necessárias, entrar no oceano pode causar medo, justamente por não conhecermos, medo do mistério, daquilo que não podemos controlar.

Mas depois que entendemos as leis divinas e entramos nesse mar revolto, tudo pode estar um caos lá fora, mas a mansidão interna está em nós, então, entendemos a engrenagem da vida.

Feliz 2019 a todos que conseguiram aprender um pouquinho do que é ser EMPATA | SENSITIVO | ESPONJA.


Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano, ele treme de medo.

Olha para trás, para toda a jornada: os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.

Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar. Voltar é impossível na existência. Você pode apenas ir em frente. O rio precisa se arriscar e entrar no oceano. E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece, porque apenas o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.

Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento.

(desconheço o autor)

Como os espíritos inferiores sugam nossas energias – Drª Anete Guimarães

Nada melhor do que compreender como as coisas do mundo “invisível” ou espiritual acontecem.

Drª Anete Guimarães explica com muita propriedade, fazendo comparações entre uma ameba e espíritos obsessores, parasitas que se nutrem daquilo que nos alimentamos e que causam um verdadeiro estrago.

No caso dos espíritos obsessores eles se nutrem das nossas energias, pelas nossas más tendências, sabe aquela história diga com quem andas e direi quem és?

Se você mantém uma tendência de pensamentos negativos, tristezas, comportamentos de baixa estima, ou futilidades e fofocas, se bebe, se fuma, se usa drogas, só pensa em sexo, entre outras tantas coisas que fazemos.

Tudo isso fica em nossa aura impregnando certo padrão energético que será “entendido” por eles como uma abertura, uma brecha para se nutrirem desta energia, criando uma certa dependência, de ambos lados.

Devemos manter certo equilíbrio emocional, se mantivermos um padrão elevado com uma energia de amor incondicional, dificilmente vamos ser “atacados” a não ser que exista algo cármico que trazemos também em nossa memória espiritual evolutiva.

Uma palestra que vale a pena!

👇🏻👇🏻👇🏻

Fonte: Espiritismo e Ciência

Plantar e colher – Kátia Di Giaimo

Na vida precisamos fazer escolhas e a partir dessas escolhas sempre há um desdobramento, positivo ou negativo, luz ou sombra…

No vídeo falei um pouco sobre João de Deus, o médium de Abadiania, mas sem julgamentos, mais para refletirmos sobre os nossos atos…

Quando perdemos o centro de nós mesmos, temos uma visão distorcida e podemos errar feio, isso pode acontecer com qualquer pessoa.

Ninguém planta limão e colhe morangos, o plantio é livre mas a colheita obrigatória.

Abaixo um pouquinho da minha visão sobre o que aconteceu…

👇🏻👇🏻👇🏻

https://youtu.be/-zM4Vsbuq8I

Respondendo E-mail: Qual caminho devo seguir?

Ola Katia! Tudo bem?
Meu nome é Aline, tenho 30 anos.
Já tive contato com vc por email em algum tempo atrás, mas eu era jovem ainda rsrs e talvez não dei a devida atenção para minha condição mediúnica.
Passaram alguns bons anos e cá estou de volta.
Resumidamente, eu já “sofri” muito, mais ou menos como você relatou. Passava mal nos lugares, vomitava, dores pelo corpo, cabeça.
Bom, um dia uma moça me disse que eu tinha mediunidade e fui para o Kardecista. Trabalhava na sala de passe, mas sempre acabava passando mal. Um dia me disseram que tinha que ir na  Umbanda, pq minha mediunidade era para trabalhar no descarrego.
Fiquei um tempo lá, mas sai, pq não me encontrei mais.
Fiquei um tempo longe mas sempre acabo tendo que voltar para alguma atividade, pq as dores, até o meu psíquismo fica muito alterado.
Encontrei uma moça que trabalha com Reike quântico, fiz também apometria. Mas sinto a necessidade de “ descarregar” energia de alguma meneira. Creio que estou meio perdida ainda, mas um dia me acho. Rsrs
Enquanto isso, faço cursos, estudo sobre o tema, enfim.
Queria saber sobre a cura pranica.
E também, queria te perguntar. Qual a missão do Empata? O que viemos fazer? Sentir a dor do outro, não eh mole não. Rsrs
Beijo grande!
Gratidão
Aline