Profilaxia das Seitas – Wagner Alegretti e Nanci Trivellato

Pessoal, sempre que posto um vídeo, matéria ou algo no site ou ainda na página Pessoas Empatas (https://www.facebook.com/pessoasempatas), sempre ouço, leio e avalio antes.

Portanto quando divido com vocês, é porque de alguma forma concordo com o tema ou com a matéria em si que está sendo abordada.

Esta semana por incrível que pareça, este assunto mesmo nos bastidores tem ocorrido e sempre falo o seguinte, acredite em você, na sua vivência, nas suas energias.

Não aceitem ser “iscados” por nada nem ninguém, o princípio da conscienciologia é termos a lucidez de avaliar tudo o que chega até nós, tendo a coerência de assimilar tudo e acreditar ou não.

“Não acredite em nada, experimente e tire suas próprias conclusões”

Como falo sempre, eu não quero que ninguém pense da mesma forma que eu, ou ache que eu sei tudo, como vocês eu também estou aprendendo e o que gosto divido com vocês.

O vídeo é longo, mas vale muito ouvir e aprender, para justamente não cair em seitas, religiões, ou ser iscado por ninguém, podendo olhar e diferenciar o certo do errado, sem ter que ser levado por quem quer que seja a “salvação”.

Anúncios

4 comentários sobre “Profilaxia das Seitas – Wagner Alegretti e Nanci Trivellato

  1. Max disse:

    Muito obrigado,
    Assisti por uma hora a matéria. ´E fácil na teoria, mas na prática é muito difícil, pois a maioria das seitas, grupos etc..Se vestem de caridade, e de parapsiquismos, como forma de provar sua autenticidade, e as pessoas sensibilizadas por um problema particular, acaba por ser iscada seja fascinação, pela necessidade de segurança e pela ânsia que problemas particulares sejam resolvidos pelos vivos ou mortos (espíritos de luz ou das trevas).
    Não vou entrar em detalhes ou em nomes. mas eu consegui me libertar de uma seita, mas não foi somente sair, eu tive que fazer um estudo histórico de tudo que a seita me passou, que apesar de praticarem a caridade, isso não evitou que a maioria dos credos fossem em sua grande maioria absurdos, acho que demorei uns três anos pra me curar tanto psicologicamente e espiritualmente. E isso é muitíssimo comum, muito mais do que se imagina.
    abç
    Max

    Curtido por 1 pessoa

    • katiadigiaimo disse:

      Sem duvida Max, entramos em muitas situações inconcientemente, doamos nossas energias para ajudar.
      O que importa é ter a consciência lúcida e poder avaliar sem cair nas armadilhas, mas como eles comentam, tem seitas pesadíssimas que ainda fazem chantagem, e se a pessoa acreditar que foi amaldissoada isso ficará impregnado nela por uma ou várias vidas.
      A libertação é importantíssima, enxergar que tudo está aí, porque permitimos que essas coisas aconteçam, no futebol, nas religiões, seitas, políticas.
      Aprender, avaliar e ser libertos…sem julgamentos, sem formas pré concebidas.
      Por isso o aprender é solitário, contando com a nossa evolução pessoal, passo a passo.
      Grande abraço obrigada por comentar sua vivência com a gente.
      💞💞💞

      Curtir

    • Betina Amorim disse:

      Estou no começo do vídeo e já me identifiquei, passei por isso em uma igreja Cristã que entrei e questionei algumas coisas as não concordava e fui praticamente excluída .
      Muitas pessoas de lá de dentro ( líderes ) deixaram de falar comigo pq saí de lá.
      Vi muitas coisas que não concordei, mas vi também que em alguns casos , vidas são salvas, por mais que seja algo manipulador.

      Curtir

      • Katia Di Giaimo disse:

        Por isso Betina que não me prendo à religiões, posso passar por elas, tentar compreendê-las…
        Mas se tentarem me fisgar escapo feito bagre liso, percebo a intenção e me afasto.
        Alguns preceitos concordo, outros aprendo, o que for bom trago para o meu ser e o que não for bom descarto de forma a não acumular coisas desnecessárias a minha evolução.
        Algumas pessoas se prendem e ficam brigando, tentando vencer pela força do ego, criando carmas futuros e prisões entre eles totalmente desnecessárias…
        Eu simplesmente deslizo como um surfista, pego aquela onda me delicio com a experiência e sigo para a próxima.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.